2 dezembro, 2014

Meu ex tá com outra!

Na maioria das vezes, o maior medo dos casais recém separados é: Ai meu Deus, e na hora que ele tiver outra???
Dá aquele gelo na barriga, você já começa a imaginar todas aquelas mulheres que você nunca gostou, com ele. Começa a imaginar alguém linda, maravilhosa com barriga de tanquinho (hahahah, mulher viaja na maionese se deixar), ele todo feliz com alguém que tem 10kg de cabelo na cabeça e um sorriso colgate. #quemnunca? #quemsempre?

Daí você dorme e acorda com aquele mal estar, vontade de chorar e medo, MUITO medo dele aparecer com alguém melhor que você e, pior ainda, dele se apaixonar…
Se a gente pudesse pular essa parte da outra, seria mara! Mas, a verdade é que não vai dar e teremos que encarar isso de frente.

Ok, vamos começar do final. Por que vocês terminaram? Vontade dele? Sua? Ambos? Não tava mais rolando e vocês já estavam mais amigos do que qualquer outra coisa? Ele foi sacana? Te enganou?
Tudo isso que eu escrevi acima, vai interferir na maneira de nos defendermos quando esses pensamentos vierem ou quando acontecer de fato.

Se ele terminou o relacionamento:

– Não existe uma pessoa no mundo igual a você e se ele não quis mais, ele não procurava o que você podia dar. Acredite, você pode ser muitas coisas boas para alguém, pode realmente ser a melhor namorada desse mundo e se foi da vontade dele não ter mais isso, você não tem muito o que fazer a não ser agradecer por alguém que não gostava de você, ter saído do seu caminho.

Se você terminou porque não tava mais afim:

– Bom, peguemos o exemplo acima a ser seguido. Sejamos justas. Você não queria ter o que ele tinha para dar, rolava aquela dó de terminar porque ele era bonzinho…pensa bem! Você estaria com ele? Não. Que bom que se separaram para encontrar outras pessoas, outras histórias e outros caminhos. Você ta com dor de cotovelo, não é dor de amor.

Se esfriou, vocês estavam amigos e foi um consenso:

– Vai, pensa…aquele fogo se transformou num iglú, você não tinha a menor vontade de fazer nada amoroso com ele e nem fogoso. Nem se preocupava em ser mulher para ele, saía do banho com a toalha na cabeça e nem se dava o trabalho de pentear a juba. As calcinhas? Eram grandonas, aquelas confortáveis até no aniversário de namoro de vocês. O beijo? Selinho, né? Porque aquele de língua foi no ano passado depois de litros de caninha 51 e ele não chamava Pedro…ops!! Sério, você estava feliz? Nem você e nem ele, aposto! Quer voltar na amizade ou quer um namoro de verdade?

Se ele foi sacana, mentiroso, cachorro, sem vergonha…

– Quer mesmo chorar por ele estar com outra? Sinta pena da fofis que caiu no conto do vigário. Caráter não muda, viu? Pode parecer que ele está mais tranquilo mas ele só está mais cauteloso para não rodar de novo. Ou ok, ele se apaixonou pela outra que não era você. Isso rende mais do que um parágrafo aqui, mas você quer alguém que não está satisfeito com você, te enrola, te sacaneia e só nos pênaltis ele sai do relacionamento? Ahh não! Enxuga essas lágrimas…já!!!

A dor de cotovelo talvez seja maior do que o seu sentimento pelo cara, já pensou nisso? Beleza não põe mesa, barriga tanquinho não quer dizer um amor para vida toda (quer dizer menos percentual de gordura, tá?) e quilos de cabelo não fazem um homem feliz para sempre. Sabe o que faz alguém feliz para sempre? Você! Acredite!

Bota um band-aid nesse cotovelo e vamos dar espaço para um novo amor! #romântica #ohyes #forever

mica_rocha-

Ah! Qualquer coisa, grita aê!!!!

Grite no Facebook!

Posts Relacionados